quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ações ambientais desenvolvidas em Quiterianópolis são destaque no Nordeste

Com o tema Caatinga um Bioma Fascinante, o IV Fórum Ambiental da Villa de Santa Rita, em Quiterianópolis, discutiu no último fim de semana a preservação do bioma tendo a participação de cerca de mil pessoas. Durante dois dias, diversas atrações culturais, mostras de vídeos e palestras proferidas por ambientalistas e gestores ambietais movimentaram a vila situada cerca de cinco quilômetros da sede do município.

A edição 2011 do Fórum foi aberta no dia 14 último com apresentação do documentário A Senhora do Poço Preto, contando a história da dona De Loudes, que prestes a completar cem anos esbanja saúde, disposição e bom humor. Em seguida, os debates iniciaram com palestra da educadora ambiental da Superintendência Estadual de Meio Ambiente (Semace), Evaneida Peixoto, que fez uma explanação geral sobre educação ambiental e como ela pode ser aplicada no dia a dia das comunidades. A segunda palestra do dia foi apresentada por Irismar Pereira, professora do Instituto Federal de Educação, campus Iguatu (IFCE), sobre o ano internacional das florestas. À noite aconteceram apresentações culturais e musicais.

No segundo dia de evento, a professora Irismar Pereira apresentou palestra com o tema Como Cuidar do Lixo, abordando como um conjunto de ações simples podem fazer a diferença na vida da comunidade nas questões relacionadas ao lixo. Irismar explicou que a principal medida que todos devem adotar é não gerar lixo. Outro foco é na conscientização sobre o destino dos resíduos. "Nem tudo o que parece ser lixo é realmente inutilizável e acabamos jogamos fora coisas que ainda podem ter utilidade. Todos devemos nos atentar pra isso", explicou a professora.

O debates foram encerrados com a participação da coordenadora geral do Projeto Mata Branca, Tereza Farias, que falou das ações desenvolvidas pelo projeto dando ênfase ao Polo Audivisual de Santa Rita, que realiza o Fórum Ambiental. Tereza afirmou que o Polo Audivisual realiza um dos trabalhos de mais destaque entre todos os sub-projetos do Mata Branca, tendo sido inclusive convidado a apresentar a iniciativa na Bahia, onde deve ser replicado. Após, houve a entrega da comenda Mulheres de Valor, conferida anualmente a mulheres de relevante participação na vida da comunidade, e com uma homenagem ao mestre da cultura Seu Tonico, com a apresentação do grupo de reizado fundado por ele. O evento foi encerrado a noite com apresentações musicais.

O Polo Audiovisual de Santa Rita é um sub projeto do Projeto Mata Branca que desenvolve um trabalho de preservação da cultura e do meio ambiente no município de Quiterianópolis. As ações acontecem por meio de produções audiovisuais, como filmes, séries e documentários com temáticas ambientais, além de um trabalho de conservação de monumentos naturais localizados no município, como as cachoeiras do Penha. O diretor do Polo, Valdo Vale, disse que cada dia mais a comunidade está se envolvendo nas discussões e desenvolvendo a consciência de preservação do bioma caatinga. "Nós temos lutado para preservar o nosso bioma colocando como prioridade as pessoas que vivem nele. Consideramos que o elemento mais importante da Caatinga são justamente as pessoas", destacou.

A cultura é outra marca forte do povo de Quiterianópolis.

video

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados