quinta-feira, 20 de maio de 2010

Para Marcelo Mendes, alterações deixaram Ficha Limpa mais próximo da realidade brasileira

O vereador Marcelo Mendes (PTC) disse durante sessão desta quinta-feira (20) que as modificações feitas no projeto Ficha Limpa, aprovado no Senado, deixaram a matéria mais próxima da realidade jurídica do País. Segundo ele, o projeto original proibia a candidatura, por exemplo, de profissionais liberais cujo registro tenha sido cassados.

Para o vereador, os crimes que devem estar previstos no Ficha Limpa são aqueles contra os patrimônios público e privado, os previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal e os chamados crimes de colarinho branco.

“Não é justo que alguém que esteja no aguardo de um recurso, de uma decisão judicial, seja impedido de oferecer seu nome para ser candidato, sob pena de haver uma irreparável injustiça”, disse em discurso.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados