terça-feira, 18 de maio de 2010

Cresce o número de doações de órgãos no Ceará

O Ceará atingiu a segunda posição no Brasil em doações de órgãos. O número de doadores aumentou de 11,2 em 2009 para 19,1 por cada milhão de habitantes, no primeiro trimestre deste ano. Fica abaixo apenas de São Paulo, com 22 doadores.

As campanhas de sensibilização e a descentralização dos serviços de captação dos órgãos e tecidos, para o Interior, estão entre os principais motivos do crescimento. Desde o ano passado, a captação de órgãos é realizada em Sobral e no Cariri, com o transporte aéreo para a capital.

Este ano já foram realizados 315 transplantes de órgãos e tecidos no Ceará. Em 2006, durante todo o ano, foram feitos 446 transplantes. Já em 2007 foram 618 transplantes, 739 em 2008, pulando para 767 em 2009, ano em que o Ceará ficou em primeiro lugar no ranking nacional em transplante de coração por milhão de habitantes.

Um comentário:

Ministério disse...

Olá blogueiro,
É muito importante também incentivar a doação de órgãos e conscientizar as pessoas sobre a importância deste gesto de solidariedade.
Para ser doador de órgãos não é preciso deixar nada por escrito. O passo principal é avisar a família sobre a vontade de doar. Os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. Divulgue a ideia e salve vidas!
Para mais informações: comunicacao@saude.gov.br
Ministério da Saúde

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados