quarta-feira, 14 de abril de 2010

Foguetes made in Ceará

Estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva, em Barbalha, no Cariri, desenvolvem nos Laboratórios de Biologia, Física e Química, experiências que permitiram a construção de foguetes de material reciclável. Forma utilizados madeira, papelão e cano PVC. Para o combustível, os alunos usaram água gaseificada, vinagre, bicarbonato de sódio e suco de limão.

A experiência não necessita de explosivo, tóxico ou qualquer material que produza faísca. O foguete é lançado pela força da reação de um ácido com sal, mistura produtora de um gás que gera pressão.

A iniciativa chama a atenção para a utilização de materiais que antes eram destinados ao lixo, e que agora são transformados em foguetes. O objetivo é preparar os alunos para a 4ª Olimpíada Nacional de Foguetes, no Rio de Janeiro, prevista para esse semestre, onde participarão cerca de 30 mil jovens estudantes brasileiros.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados