terça-feira, 27 de abril de 2010

Crítica de vereador gera expectativa de candidatura verde ao Governo do Estado

O vereador de Fortaleza Roberto Mesquita (PV) criticou os partidos que nas eleições deste ano devem optar por não lançar seus próprios candidatos, e sim, apoiar um de outro partido. O parlamentar defendeu que os partidos deveriam apresentar suas candidaturas como forma de propor suas ideias à sociedade, e não ficar na sombra de um projeto de outro partido.

Diante do atual cenário político do Ceará, Mesquita também afirmou que espera candidaturas que possam confrontar com as ideias do atual do governador do Ceará, Cid Gomes, para que no futuro a população não se arrependa. “No Ceará, estamos vendo uma quase unanimidade, parece que no Estado só existe o projeto do Cid. Os partidos não podem se esconder, temos que mostrar nossos ideias”, disse durante sessão da Câmara.

Mesquita ressaltou ainda a trajetória política da pré-candidata à Presidência pelo PV, Marina Silva, e afirmou que a senadora já está incomodando. “Mesmo sem espaço para mostrar seus projetos, ela já está com 10% das intenções de voto. Marina Silva é uma possibilidade real de ser presidenta”.

A crítica do vereador sinaliza para a possibilidade do Partido Verde lançar candidato ao Governo do Estado, já que o partido vem anunciando que montará um palanque para Marina Silva no Ceará. A direção do partido não confirma ainda se terá candidato próprio, mas fala no nome do médico Antero Coelho Neto para o Senado, alternativa de palanque para Marina Silva.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados