quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Deputado defende parceria para melhorar atendimento do Hospital da Polícia Militar

O deputado estadual Manoel Castro (PMDB), relator da Comissão Especial que acompanha contratações de profissionais para o Hospital da Polícia Militar (HPM), propôs, nesta quarta-feira (16), uma parceria entre o Estado e a Cruz Vermelha para assegurar o funcionamento da unidade de saúde. Segundo o parlamentar, o hospital tem grande carência de médicos e outros profissionais de saúde. A questão foi tema de audiência pública da Comissão de Seguridade Social e Saúde da Assembleia Legislativa.

Castro disse que a parceria com a Cruz Vermelha seria uma solução emergencial, enquanto o Governo busca uma alernativa definitiva para o hospital. Na ocasião foi defendido que a unidade receba recursos do SUS.O secretário executivo de Saúde do Estado, Arruda Bastos, elogiou as duas propostas e disse que vai levá-las ao governador Cid Gomes.

O secretário executivo de Saúde do Estado, Arruda Bastos, elogiou as duas propostas e disse que vai levá-las ao governador Cid Gomes. Arruda informou que há um projeto de aproveitar a estrutura do HPM para um hospital de alta complexidade em áreas como ortopedia, obstetrícia e psiquiatria; e disse que a Secretaria está tentando transferir para lá, profissionais de outras unidades. O diretor do HPM, coronel Clínio Alves Souza, disse que o hospital está com duas salas de cirurgia paradas porque não tem anestesistas, e apenas 10% dos 61 leitos estão ocupados. Segundo ele, há uma carência de 59 médicos, 45 profissionais de nível superior e 20 técnicos de enfermagem.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados