sábado, 12 de dezembro de 2009

Bolsa Família não gera acomodação, diz pesquisa

O Ministério do Desenvolvimento social e Combate à Fome divulgou pesquisa afirmando que integrantes das famílias beneficiadas com o Programa Bolsa Família não ficam acomodadas para o trabalho por receber os recursos. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) de 2004, aumentou em 2,2 vezes a participação no mercado de trabalho de homens que integram famílias beneficiárias, e em 4,5 vezes o número de mulheres.

As informações são parte da apresentação que o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Ricardo Paes de Barros, fez nesta sexta-feira (11) durante o Seminário Internacional Sistemas de Proteção Social: Desafios no Contexto Latino-americano, em Brasília (DF).

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada
Todos os direitos reservados